Campanha de cartazes internacional "Factos sobre a energia nuclear"

Home          Ver imagens dos cartazes          Impressum
 
 

A energia nuclear é um beco sem saída
O ur√Ęnio s√≥ vai durar algumas d√©cadas ‚Äď e depois?

A energia nuclear leva a um beco sem sa√≠da, tal como o consumo dos combust√≠veis f√≥sseis de disponibilidade limitada. Facto √©, que o ur√Ęnio necess√°rio ao funcionamento das centrais nucleares √© uma mat√©ria-prima cada vez mais escassa. Os "reactores r√°pidos", com que se esperara ampliar durante algum tempo as reservas de ur√Ęnio, fracassaram por motivos t√©cnicos e econ√≥micos. Dentro de poucas d√©cadas, as reservas de combust√≠vel da ind√ļstria nuclear estar√£o esgotadas. Uma vez que n√£o s√≥ as reservas de ur√Ęnio, mas tamb√©m as de petr√≥leo e g√°s natural ter√£o esgotado num futuro pr√≥ximo, a humanidade ver-se-√° obrigada a satisfazer, a longo prazo, as suas necessidades energ√©ticas, recorrendo √†s energias renov√°veis e a formas mais eficientes de aproveitamento de energia.

A energia nuclear é um logro
As centrais nucleares n√£o s√£o indispens√°veis para o fornecimento de energia

Para real√ßar a import√Ęncia da energia nuclear, o sector argumenta com a sua quota na produ√ß√£o de energia. No entanto, se se analisar melhor o contributo da energia nuclear para o consumo energ√©tico a n√≠vel mundial, verifica-se que o seu contributo para as necessidades de energia da popula√ß√£o mundial √© praticamente insignificante. Em 2001 a electricidade produzida pelas centrais nucleares cobriu apenas 2,3 % do consumo de energia em todo o mundo. Est√° presentemente comprovado que o contributo das energias renov√°veis para o fornecimento de energia a n√≠vel mundial √© significativamente superior. Efectivamente, a humanidade n√£o perder√° nada em prescindir do prec√°rio contributo da energia nuclear. Os riscos inerentes aos acidentes nucleares, a produ√ß√£o de res√≠duos altamente radioactivos e os elevados custos para a sua elimina√ß√£o, s√£o factores de dif√≠cil concilia√ß√£o com os benef√≠cios que dela adv√™m num curto espa√ßo de tempo. N√£o restam d√ļvidas, de que a energia nuclear √© perigosa e, al√©m disso, sup√©rflua.

A energia nuclear engloba tecnologias de risco
Risco de ocorrência de acidentes nucleares graves na Europa: 16 por cento

Qualquer central nuclear pode estar sujeita √† ocorr√™ncia de acidentes graves, motivados por falhas t√©cnicas e erros humanos, com a consequ√™ncia de liberta√ß√£o de grandes quantidades de radioactividade no meio ambiente. Segundo o estudo oficial alem√£o "Estudo sobre riscos das centrais nucleares ‚Äď Fase B", uma central nuclear na Alemanha em actividade h√° 40 anos apresenta uma probabilidade de 0,1 por cento de ocorr√™ncia de um acidente nuclear grave. Na Uni√£o Europeia existem mais de 150 centrais nucleares em actividade. A probabilidade de ocorr√™ncia a m√©dio prazo de graves acidentes nucleares na Europa √© de 16 %. Esta estimativa corresponde √†s hip√≥teses de se obter um 6 logo no primeiro lan√ßamento do dado. Em todo o mundo existem cerca de 440 centrais nucleares em actividade. A probabilidade de ocorrerem, dentro de 40 anos, acidentes nucleares graves no mundo situa-se na ordem dos 40 %. A cat√°strofe nuclear de Chernobyl provou, que um acidente nuclear grave pode originar milhares de mortos.

A energia nuclear produz resíduos
Ninguém está disposto a aceitar esta herança

Cada central nuclear converte, atrav√©s de fiss√£o nuclear, barras de ur√Ęnio em res√≠duos nucleares altamente radioactivos. Estes res√≠duos colocam em risco a vida humana, devido √† sua radioactividade. Por esse motivo, t√™m de ser protegidos e armazenados fora do alcance de pessoas, animais e plantas durante centenas de milhares de anos. H√° cerca de 50 anos que existem centrais nucleares em actividade, no entanto, at√© hoje n√£o se sabe como se deve armazenar os res√≠duos nucleares. N√£o existe em qualquer parte do mundo, um √ļnico m√©todo para a elimina√ß√£o segura de res√≠duos altamente radioactivos produzidos pelas centrais nucleares. Este breve epis√≥dio de explora√ß√£o de energia nuclear deixa-nos ‚Äď sob a forma de res√≠duos nucleares - um legado de dimens√Ķes hist√≥rico-universais. Caso j√° tivessem existido centrais nucleares no per√≠odo pr√©-hist√≥rico, ainda hoje estar√≠amos a vigiar os res√≠duos nucleares que teriam sido produzidos nessa altura.

A energia nuclear na origem de armamento
A energia nuclear promove a proliferação de armamento nuclear

Os estados que nas √ļltimas d√©cadas desenvolveram e constru√≠ram bombas nucleares, iniciavam sempre as suas actividades neste campo ao abrigo de um programa nuclear civil. Por√©m, estes programas civis dissimulavam frequentemente os seus interesses militares. Era desta forma que estes estados conseguiam aceder √†s tecnologias e conhecimento necess√°rios para a constru√ß√£o de bombas nucleares. Isto demonstra, que a exporta√ß√£o e a prolifera√ß√£o cont√≠nua de tecnologia nuclear aumenta significativamente o risco de prolifera√ß√£o de armamento nuclear.

A energia nuclear tem um impacto clim√°tico negativo
A energia nuclear n√£o pode salvar o clima

A ind√ļstria nuclear reconhece que n√£o √© poss√≠vel substituir carv√£o, petr√≥leo e g√°s por centrais nucleares. Para se substituir somente 10 por cento das energias f√≥sseis por energia nuclear at√© ao ano 2050, seria necess√°rio construir 1000 centrais nucleares novas (actualmente existem cerca de 440 em todo o mundo). O tempo de constru√ß√£o destas centrais levaria v√°rias d√©cadas ‚Äď caso fossem exequ√≠veis ‚Äď e as reservas de ur√Ęnio esgotar-se-iam num curto espa√ßo de tempo. Mesmo a Ag√™ncia Internacional da Energia At√≥mica (AIEA) reconhece, que n√£o √© poss√≠vel desenvolver a energia nuclear com a rapidez necess√°ria para restringir as altera√ß√Ķes climat√©ricas. Conforme apontam v√°rios cen√°rios para a energia mundial, a solu√ß√£o passar√° antes por resolver os problemas climat√©ricos atrav√©s do recurso a energias renov√°veis e a t√©cnicas eficientes de fornecimento de energia.

A energia nuclear tem um baixo índice de empregabilidade
Postos de trabalho? O sector e√≥lico supera a ind√ļstria nuclear!

A energia nuclear √© um intensivo sector de capital ‚Äď as energias renov√°veis constituem por seu lado um intensivo sector de postos de trabalho. O exemplo √© dado pela Alemanha: em 2002 a ind√ļstria nuclear empregava cerca de 30 000 pessoas. Em contrapartida, s√≥ o sector e√≥lico alem√£o era respons√°vel por mais de 53 000 postos de trabalho. Na sua globalidade, o sector das energias renov√°veis, j√° assegurou 120 000 postos de trabalho, n√£o obstante a sua baixa quota de produ√ß√£o de energia. Havendo continuidade no desenvolvimento deste sector, ser√£o criados novos postos de trabalho todos os dias. A n√≠vel mundial, o desenvolvimento das energias renov√°veis estar√° na origem de milh√Ķes de postos de trabalho.

Alternativas à energia nuclear
100% de energia a partir do sol, vento, √°gua e biomassa

Em 2002 o Parlamento Alem√£o apresentou um cen√°rio energ√©tico, segundo o qual as necessidades de abastecimento de energia de toda a Alemanha podem ser satisfeitas pelo recurso a formas renov√°veis de energia. Se isto √© poss√≠vel na Alemanha ‚Äď um pa√≠s pequeno em termos geogr√°ficos, com uma densidade populacional e √≠ndices de consumo energ√©tico elevados, assim como um elevado n√≠vel de vida ‚Äď tamb√©m √© poss√≠vel em qualquer outro lugar. Entretanto, o pr√≥prio sector nuclear reconhece que at√© ao ano 2050 j√° ser√° poss√≠vel disponibilizar mais energia a partir das fontes de energia renov√°veis do que aquela que √© consumida actualmente pela popula√ß√£o mundial. As necessidades energ√©ticas mundiais podem ser satisfeitas atrav√©s de um conjunto de estruturas, como as centrais solares t√©rmicas e fotovoltaicas, e√≥licas, hidroel√©ctricas e as mais diversas formas de aproveitamento da biomassa. Para se conseguir restringir as necessidades energ√©ticas do mundo, √© for√ßoso que se empreguem tecnologias econ√≥micas na produ√ß√£o de energia. A r√°pida expans√£o de uma economia mundial baseada na ind√ļstria solar √© um passo importante no impedimento de conflitos relacionados com a escassez de mat√©rias primas, como o petr√≥leo, o g√°s e o ur√Ęnio.

Desactivem as centrais nucleares.

 
 
Ver imagens dos cartazes
 
 

 

 


Background Information (English)
pdf    doc    rtf

Hintergrundinformationen (Deutsch)
pdf    doc    rtf    

 

This "Nuclear Power Fact File" poster campaign is posted by
 

The German Afiliate of the
International Physicians for the Prevention of Nuclear War (IPPNW)
 
and
 

EUROSOLAR
The European Association for Renewable Energy

 
 
 
 

keywords: